familia facebook pixel

Meu amor: sem você eu não conseguiria!

Meu amor: sem você eu não conseguiria!

Meu amor: sem você eu não conseguiria!

Hoje faz sete anos e oito meses que demos nosso primeiro beijo. Faz sete anos e oito meses que eu pensei: “é esse!!”. Hoje faz sete anos e oito meses que comecei a minha família. E, juro…meu amor: sem você eu não conseguiria ter feito as coisas mais importantes que fiz até hoje na minha vida!

Sem você eu nunca teria as duas filhas que hoje são meu maior orgulho. Eu as tive não só porque o sonho da minha vida era ser mãe, mas porque tenho certeza que elas terão um super pai pra sempre! Mais do que isso: um super amigo, um grande exemplo.

Sem você eu não seria esposa, porque pra isso é preciso de um marido e ser marido de uma mulher como eu não é pra qualquer um. Pra ser marido de uma mulher tão independente, moderna e decidida é preciso antes ser Homem – com H maiúsculo.  E isso é pra poucos.

Sem você eu não conseguiria batalhar pela minha carreira. Seria como jogar num estádio lotado, contra o time mais preparado do mundo, sem ter o técnico na beira do campo…sem ter o principal torcedor na arquibancada!

Sem você eu não teria coragem de sair da zona de conforto e encarar uma mudança de país, uma mudança de vida. Foi o seu olhar que, certo dia, me disse: “Você quer ir? Então vamos!”. A partir daí foi como se você tivesse me dado o aval que eu precisava para seguir em frente rumo ao desconhecido que me atraía tanto.

Por essas e por tantas outras hoje quero comemorar. Não é uma data cheia, eu sei…não fazemos oito anos de casados (é nessas datas que a maioria dos casais comemora, né?). Mas, olha,  são sete anos e oito meses juntos. Grudados. E, eu tenho certeza, esse tempo é motivo de sobra para fazer um brinde. Para festejar o dia em que a amizade virou paixão (que depois virou amor). Eu te amo, Gui!

 

32 Discussions on
“Meu amor: sem você eu não conseguiria!”

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*